Clique no botão

PLAY- CLIQUE PARA OUVIR A WEB RÁDIO CONEXÃO,NET

domingo, 17 de dezembro de 2017

Sou uma pediatra. Isso é o que fiz quando um paciente me disse que ele era uma menina

Professora Marcia Valeria: Professores se atentem 

para esta matéria não se deixem levar pela hierarquia 

se estiver contra a verdade ou a  BNCC. Saiba que você

é o RESPONSÁVEL pela matéria aplicada a seus
alunos e se qualquer pessoa lhe processar por
estar DOUTRINANDO seus alunos, você pagará
por seus atos. Muito cuidado!



A ideologia transgênero nas escolas é um abuso 

psicológico que frequentemente guia as crianças 

para castração química, esterilização e 

mutilação cirúrgica

 |

"Parabéns, é um menino!" ou "Parabéns, é uma menina!".
 Sendo pediatra há quase 20 anos, é assim que a maioria 
das minhas relações com os pacientes começam. 
Nosso corpo revela nosso gênero. 

O gênero biológico não é atribuído, mas determinado na 
nossa concepção pelo nosso DNA e replicado em todas 
as células do nosso corpo. E é binário – 
ou você tem um cromossomo Y e será um macho 
ou você não tem e será uma fêmea. 
Existem pelo menos 6,5 mil diferenças genéticas entre homens e 
mulheres. Hormônios e cirurgias não podem mudar isso. 
Mas a identidade não é biológica, é psicológica. Tem relação com o 
que se pensa e o que se sente. Pensamentos e sentimentos não
 têm uma conexão biológica. Nossos pensamentos e sentimentos 

podem estar factualmente certos ou errados. 
Se eu entrar no consultório do meu médico e falar 
"Oi, eu sou a Margaret Thatcher", meu médico vai dizer 
que estou com problemas psicológicos e me dar remédios para isso. 
Se, por outro lado, eu entrar e afirmar que sou um homem, 
ele diria "Parabéns, você é transgênero". 
Se eu dissesse, "Doutor, eu sou suicida porque sou uma amputada presa dentro de um corpo normal, por favor, tire a minha perna", eu seria diagnosticada com um transtorno de identidade de integridade corporal. Mas se eu falar que sou um homem e pedir uma mastectomia, meu médico vai fazer isso. Veja: se você quiser tirar uma perna ou um braço, você tem uma doença mental. Se você quiser tirar seios ou seu pênis, você é um transgênero. 
Ninguém nasce transgênero. Se a identidade de gênero estivesse
 conectada ao nosso cérebro antes do nascimento, gêmeos 
idênticos teriam a mesma identidade de gênero sempre. 
Mas eles não têm. 


Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/ideias/sou-uma-pediatra-isso-e-o-que-fiz-quando-um-paciente-me-disse-que-ele-era-uma-menina-5hpx0onyclhb77it3aqkhj18r

PESQUISE POSTAGENS NO SITE

Filmes Educacionais

  • Escritores da Liberdade
  • Filhos do Silêncio
  • Meu Mestre minha Vida
  • Nell
  • O Livro Perigoso
  • O Milagre de Anna Sullivan
  • O Nome da Rosa
  • O Triunfo
  • O Óleo de Lorenzo
  • Sociedade dos Poetas Mortos

Contadores

"Feliz aquele que transfere o que sabe
e aprende o que ensina."
(Cora Coralina)

Feliz Dia das Crianças para todos!
Responsabilidade, Honestidade e Pontualidade faz parte de nossas vidas e temos que estar atentos para não pecarmos nessas áreas. Isso faz parte do ser adulto. Mas nada nos impede de sermos crianças em alguns momentos, principalmente na humildade e sinceridade. Só que a sinceridade as vezes ofende, pois as pessoas não estão preparadas para ouvirem a verdade, mesmo que venha da boca de uma criança.

Professora Marcia Valeria-2010.

CANAL - Professora Marcia Valeria

Loading...

ACESSOS...



1.000.000 Acessos

Meus Agradecimentos...


16/11/2013 - 1.500.000 Acessos! Obrigada Senhor!




Recent Visitors